Em final emocionante, Hamilton segura Verstappen e vence GP do Bahrein

Lewis Hamilton, da Mercedes, venceu neste domingo, 28, o Grande Prêmio do Bahrein, o primeiro da temporada 2021 da Fórmula 1. Em prova emocionante até a última volta, o britânico segurou a pressão de Max Verstappen, da Red Bull, que ficou na segunda posição após grande exibição. Valtteri Bottas, também da Mercedes, ficou com a última vaga no pódio. O heptcampeão mundial largou atrás do holandês, mas conseguiu ocupar a primeira posição na base da estratégia de pneus. No fim, Verstappen até chegou a ultrapassar o concorrente, mas saiu dos limites da pista e precisou devolver a ponta.

Bottas, por sua vez, ficou longe da disputa, tendo até problemas em uma das paradas. O finlandês, porém, conseguiu manter a terceira posição e somou um ponto a mais por ter feito a volta mais rápida do GP do Bahrein. Na quarta posição, Lando Norris ficou à frente de Sergio Perez, que sofreu com problemas, mas fez boa corrida de recuperação e terminou na quinta colocação. Charles Leclerc (Ferrari), em sexto; Daniel Ricciardo (McLaren), em sétimo; Carlos Sainz (Ferrari), em oitavo; Yuki Tsunoda (Alpha Tauri), em nono); e Lance Stroll (Aston Martin), em décimo, completaram a zona de pontuação.

A Corrida

Hamilton começou a vencer a corrida na volta 40 a partir da estratégia da Mercedes. Verstappen, que iniciou a prova com compostos médios, parou pela segunda vez para colocar pneus duros, e voltou em segundo, a 8s do rival, que, àquela altura, já fizera suas duas paradas. O holandês assumiu a ponta, mas teve que devolvê-la ao levar vantagem na área externa e, no duelo espetacular entre os dois, o heptacampeão levou a melhor. Bottas fez uma corrida não mais do que segura e terminou em terceiro, faturando um ponto a mais pela volta mais rápida. Atrás do finlandês apareceu o jovem britânico Lando Norris, da McLaren. O mexicano Sérgio Perez, parceiro de Verstappen na Red Bull, completou o percurso em quinto, à frente do monegasco Charles Leclerc, que levou a Ferrari ao sexto lugar no primeiro GP do ano.

Estreante na McLaren, o australiano Daniel Ricciardo foi o sétimo, seguido por Carlos Sainz Jr., novo companheiro de Leclerc na Ferrari. O japonês Yuki Tsunoda, da AlphaTauri teve uma ótima performance no circuito barenita e fechou em nono, somando pontos logo em sua primeira corrida na principal categoria do automobilismo mundial. O canadense Lance Stroll, da Aston Martin, completou o top 10. O tetracampeão Sebastian Vettel decepcionou em sua primeira prova na Aston Martin. O alemão largou em último no grid por conta de uma punição no treino classificatório e foi apenas o 15º colocado. Filho de Michael Schumacher, Mick, da Haas, cruzou a linha de chegada em 16º, na última posição.

Abandonaram a disputa o espanhol Fernando Alonso, de volta à categoria após dois anos, por conta de problemas em seu carro, os franceses Nicholas Latifi e Pierre Gasly e o russo Nikita Mazepin. O piloto perdeu controle de sua Haas e bateu na barreira de pneus logo no início. Depois da abertura da temporada, a Fórmula 1 retorna daqui a três semanas, para o GP da Emília-Romanha, a segunda de 23 provas previstas no calendário de 2021, o mais extenso da história da categoria.

Veja a classificação do GP do Bahrein:

1º) Lewis Hamilton (GBR/Mercedes), em 1h32min03s897

2º) Max Verstappen (HOL/Red Bull), a 0s745

3°) Valtteri Bottas (FIN/Mercedes), a 37s383

4º) Lando Norris (GBR/McLaren), a 46s466

5º) Sergio Perez (MEX/Red Bull), a 52s047

6º) Charles Leclerc (MON/Ferrari), a 59s090

7º) Daniel Ricciardo (AUS/McLaren), a 66s004

8º) Carlos Sainz (ESP/Ferrari), a 67s100

9º) Yuki Tsunoda (JAP/Alphatauri), a 85s692

10º) Lance Stroll (CAN/Aston Martin), a 86s713

11º) Kimi Raikkonen (FIN/Alfa Romeo), a 88s864

12°) Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo), a uma volta

13º) Esteban Ocon (FRA/Alpine), a uma volta

14º) George Russell (GBR/Williams), a uma volta

15º) Sebastian Vettel (ALE/Aston Martin), a uma volta

16º) Mick Schumacher (ALE/Haas), a uma volta

Abandonaram a prova:

Fernando Alonso (ESP/Alpine)

Nikita Mazepin (RUS/Haas)

Pierre Gasly (FRA/Alphatauri)

Nicholas Latifi (CAN/Williams)

*Com informações da Agência Estadão Conteúdo

Comentários

Compartilhe

Ultimas notícias

Formula E to create F1-style Concorde Agreement to boost audience

The pending commercial agreement will exist alongside the Gen3 cost cap and technical rules to “enhance the financial sustainability and commercial attractiveness” of the...

Kubica didn't expect such an “easy” first LMP2 victory in ELMS opener

Kubica, who has moved into prototype racing this season after a disappointing year with the privateer ART squad in the DTM last year, completed...

10 things we learned from F1's 2021 Emilia Romagna GP

Formula 1’s second race at Imola in the space of six months offered a vastly different affair to the inaugural Emilia Romagna Grand Prix...

Jorge Martin surgery postponed, Jerez MotoGP return in doubt

The rookie crashed at Turn 7 in the latter stages of Saturday’s FP3 session at the Algarve track, the Spaniard needing to be stretchered...

Vettel: FIA “not very professional” in dealing with Imola penalty

The Aston Martin driver was hit with a 10-second penalty after his team failed to fit the wheels on his car before the five-minute...