Entenda porque o cabelo loiro natural escurece

Deise Zuqui é uma fashionista super atenta às novas tendências. Quando pequena, a especialista diz que era bem loirinha, mas que o cabelo, com o tempo, passou a escurecer. Você sabia que este fenômeno é bem comum? Muitos adultos com cabelos mais escuros eram crianças louras, isso porque, de alguma forma, está ligada a um outro fenômeno da mudança de coloração dos fios, aquele que os torna grisalhos, na fase adulta.

Você com certeza conhece alguém que já passou por isso no seu círculo de amigos ou na sua família. Talvez você seja a pessoa que saiu do time das loiras conforme crescia. Nosso cabelo muda tanto com o passar do tempo devido aos melanócitos – células localizadas por toda nossa cabeça, debaixo de cada fio de cabelo,  que criam os pigmentos que dão cor para as madeixas, a partir das informações que carregamos em nossos genes. 

Outra informação interessante é que existem dois pigmentos que dão cor às nossas madeixas de cabelo: a eumelanina determina quão escuro seu cabelo é, enquanto a feomelanina mexe com a temperatura da cor. Deise Zuqui conta que as pessoas ruivas têm muita feomelanina, por exemplo.

Então, os pigmentos produzidos pelas células nos primeiros anos de vida dos bebês é um número muito menor e, conforme o tempo passa, eles se desenvolvem em maior quantidade e transformam o loirinho em castanhos claros, médios, escuros e até mesmo em fios pretos. 

Deise Zuqui diz que esse processo não pode ser interrompido, não naturalmente, porque é algo que está ligado a diferentes fatores, entre eles a genética. É como se o seu fio estivesse “programado” para escurecer. Até mesmo as pessoas que chegam na fase adulta com cabelos loiros tinham menos melanina nos fios, elas só não se tornaram morenas. Esse é um processo involuntário do organismo.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe

Ultimas notícias