Melhor tempo de Verstappen na classificação vem no Q1, em vez de Q3, e deixa piloto confuso


Asfalto novo, aliado a pneus mais duros da gama, confundiu pilotos sobre níveis de aderência da pista do circuito de Portimão, palco do GP de Portugal; holandês é terceiro no grid Max Verstappen, da RBR, no GP de Portugal de 2020
Joe Portlock/Getty Images
Apesar do elogios ao traçado do Autódromo do Algarve, palco do GP de Portugal, os pilotos reclamaram da baixa aderência da pista. Um fato causado pelo novo asfalto, aliado à escolha da Pirelli pelos pneus mais duros disponíveis para este fim de semana.
+ Hamilton brilha na última volta, supera Bottas e fatura 97ª pole
A condição da pista criou situações curiosa, como o caso de Max Verstappen que, mesmo com o terceiro melhor tempo da classificação, neste sábado, terminou o treino um pouco confuso. Isso porque com a inconsistência na aderência, o holandês estabeleceu a melhor marca no Q1, quando geralmente isso acontece no Q3 (0s025 mais lento que no Q1), momento em que os dez melhores disputam a pole.
– O fim de semana todo tem se mostrado complicado em fazer os pneus funcionarem. Além dos pneus em si (os mais duros da Pirelli), o asfalto é muito escorregadio. Só dá para usar uma linha de corrida (sem escorregar demais). De maneira geral o terceiro lugar ainda é bom, claro, mas foi uma classificação confusa. Minha melhor volta veio no Q1 e, depois disso, eu não consegui repetir porque não tinha a mesma aderência. Foi bom, mas não foi muito prazeroso de guiar com esses pneus e esses níveis de aderência – explica.
Max se mostrou decepcionado com a reforma no asfalto do Autódromo do Algarve. Sendo o holandês, ele esteve na pista ainda em janeiro e disse pensar na época que seria legal a F1 ir para lá, mas agora, após o recapeamento, o piloto da RBR diz que é como pilotar no gelo.
– Eu estive aqui em janeiro e pensei que seria incrível guiar aqui em uma Fórmula 1 com a aderência atual… Mas a verdade é que você não pode forçar muito, pois parece que você está guiando no gelo. É uma pena – lamenta.
+ Classificação atualizada do campeonato
+ Jogue o game “Ases das Pistas” da F1
+ Veja o calendário da Fórmula 1 2020
E se o dia foi difícil para Verstappen, foi ainda mais para Alexander Albon, que se classificou em sexto para o grid de largada deste domingo. O tailandês vive sobre enorme pressão para conseguir bons resultados e tentar se manter na escuderia em 2021.
O GP de Portugal de Fórmula 1 começa às 10h10 (de Brasília) deste domingo, com transmissão ao vivo pela TV Globo. A narração será de Cleber Machado, com comentários de Luciano Burti e Felipe Giaffone. O ge também mostra a corrida em vídeo.
Horários e informações do GP de Portugal
InfoEsporte

Comentários

Compartilhe

spot_img

Ultimas notícias